sábado, 17 de agosto de 2013

White Frog


A família Young aparenta ser perfeita. Mas com a morte de Chaz, o filho mais velho, toda a estrutura que mantem essa ideal de família dos sonhos parece infundada. Nick, o caçula da família nasceu com Síndrome de Asperger, uma espécie de altismo que dificulta a socialização do garoto. Pais que não cofiam um no outro parecem não conhecer bem seus próprios filhos.

"Todo mundo é diferente... alguns mais que outros."

Depois do acidente de Chaz, a família Young se despedaçada  E Nick tenta conhecer melhor o irmão mais velho. E mesmo depois de se deparar com segredos que abalam sua forma de ver o mudo, o garoto precisa juntar as peças e unir sua família novamente.


"Há muito tempo, os vietnamitas costumavam comer sapos de coco. Eles pegavam um coco, faziam um pequeno corte, e colocavam um girino dentro. Então umas semanas depois abriam o coco para encontrar um sapo cego. Ele teria a pele mais lisa e mais suave, e carne com aroma de coco."
 White Frog é um filme impressionante em sua simplicidade. Trazendo uma mensagem linda e diversas lições que vão mudar sua forma de ver as outras pessoas. Vale muito assistir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário